domingo, 19 de maio de 2024

Japonês Yamanishi volta a vencer na Corunha

O início da prova masculina de 20 km, a vitória de Toshikazu Yamanishi, e após a
chegada com Álvaro Martín e Caio Bonfim. Imagens: Federacion Galega de Atletismo
Montagem: O Marchador

Toshikazu Yamanishi foi o atleta que melhor resistiu à forte concorrência no final dos 20 km masculinos do Grande Prémio Cantones de A Coruña, este sábado, e conseguiu impor-se com um vigoroso «sprint», para uma vitória final em 1.17.47 h. O marchador japonês impôs-se dessa forma a Álvaro Martín, com quem discutiu a liderança ao longo de toda a volta final ao circuito de mil metros, tendo o espanhol registado 1.17.49 h. Na luta pelo terceiro lugar, o vencedor do ano passado, o brasileiro Caio Bonfim, acabou por prevalecer sobre Brian Pintado, marcando com 1.17.52 h, contra 1.17.54 h do equatoriano.

Numa demonstração da qualidade do impressionante pelotão de participantes nesta 37.ª edição da prova da Corunha, o grupo da liderança manteve-se com cerca de trinta unidades até mais de meio da prova, apesar de nunca se ter andado devagar. A primeira légua foi cumprida pelos líderes em 19.44 m, resultado de voltas em ritmos de 3.55 a 3.57 m em quase todos os troços quilométricos. Era a fase em que se mostravam na frente alguns dos muitos chineses em prova, com realce para Jun Zhang, Haifeng Qian, Lihong Cui e Xiangfei Zhao.

O ritmo pouco se alterou até meio da competição, atingido em 39.33 m (ou seja, 19.49 na segunda légua). Como de costume, a marca psicológica de metade da distância fez-se sentir e pouco depois Álvaro Martín impôs a primeira aceleração significativa (12.ª volta em 3.49), resultando na fragmentação do grupo, que se viu reduzido a 14 unidades. Bonfim e Pintado assumiam maior protagonismo, impondo ocasionalmente variações de ritmo, que, após os 15 quilómetros, deram fruto evidente, quando o pelotão da frente se viu resumido a sete elementos. Além dos dois sul-americanos mantinham-se os japoneses Yamanishi e Koki Ikeda, o chinês Zhang e os espanhóis Martín e Diego García.

Tentando desenvencilhar-se dos opositores, García atacou pouco depois da passagem aos 16 quilómetros mas nada logrou. Mais sucesso pareceu ter Brian Pintado, que assumiu a liderança a caminho dos 18 quilómetros, levando à cedência de Caio Bonfim, que se atrasou. Perto de meio da penúltima volta, Yamanishi desferiu aquele que viria ser o ataque definitivo, isolando-se na frente com Álvaro Martín. O ritmo era elevado (abaixo de 3.50 m por quilómetro), tal como o risco técnico-regulamentar.

Até à meta, o japonês conseguiu defender a liderança, ainda que a dado momento o espanhol tivesse passado para a frente, mas acabando por não oferecer mais resistência a Yamanishi, que arriscou tudo para vencer e averbar marca próxima daquela que desde 2019 mantém como recorde do grande prémio da Corunha (1.17.41). Falhou esse intento por apenas seis segundos, mas garantiu a segunda vitória nos Cantones.

Mais atrás, Caio Bonfim encetou uma recuperação que o levou ao terceiro lugar, ultrapassando na recta da meta Brian Pintado, o vencedor em Rio Maior uma semana antes.

Entre os 86 atletas em prova, o único português presente, Hélder Santos, terminou no 74.º lugar, com 1.28.46 h.

Nos 10 km dos juniores (sub-20), vitória para o francês Hugo Ellul, com 42.52 m, menos seis segundos que o colombiano Julian Alfonso (42.58), enquanto o guatemalteco Jhoshua Monterroso fechava o pódio, com 43.20 m.

Nota ainda para os juvenis (sub-18), onde o espanhol Oriol López se creditou-com 23.12 m, para se impor nos 5 km ao português David Ferreira (24.08). A terceira posiçaão pertenceu a outro sub-18, o espanhol Diego García González (25.03) enquanto outro português, Afonso Duarte, sub-20, foi quinto da geral (26.46).

Classificações
20 km masculinos
1.º, Toshikazu Yamanishi, 1996 (JPN - Japão), 1:17:47
2.º, Álvaro Martín, 1994 (ESP - Espanha), 1:17:49
3.º, Caio Bonfim, 1991 (BRA - Brasil), 1:17:52
4.º, Brian Daniel Pintado, 1995 (ECU - Equador), 1:17:54
5.º, Koki Ikeda, 1998 (JPN - Japão), 1:17:59
6.º, Jun Zhang, 1998 (CHN - China), 1:18:00
7.º, Diego García Carrera, 1996 (ESP - Espanha), 1:18:19
8.º, César Augusto Rodríguez, 1997 (PER - Peru), 1:18:23
9.º, Ricardo Ortiz, 1995 (MEX - México), 1:18:31
10.º, Miguel Ángel López, 1988 (ESP - Espanha), 1:18:33
11.º, José Luis Doctor, 1996 (MEX - México), 1:19:10
12.º, Kazuki Takahashi, 1996 (JPN - Japão), 1:19:17
13.º, David Hurtado, 1999 (ECU - Equador), 1:19:18
14.º, Noel Chama, 1997 (MEX - México), 1:19:21
15.º, Ning Lu, 1999 (CHN - China), 1:19:22
16.º, Tomohiro Noda, 1996 (JPN - Japão), 1:19:26
17.º, Haifeng Qian, 2000 (CHN - China), 1:19:36
18.º, Jordy Rafael Jiménez Arrobo, 1994 (ECU - Equador), 1:19:39
19.º, Andrea Cosi, 2001 (ITA - Itália), 1:19:43
20.º, Lihong Cui, 1999 (CHN - China), 1:19:55
21.º, Haruki Manju, 2001 (JPN - Japão), 1:19:56
22.º, Maher Ben Hlima, 1989 (POL . Polónia), 1:20:06
23.º, Yutaro Murayama, 1998 (JPN - Japão), 1:20:16
24.º, Xiangfei Zhao, 2002 (CHN - China), 1:20:17
25.º, Mateo Romero, 2003 (COL - Colômbia), 1:20:19
26.º, Daniel Chamosa, 1997 (ESP - Espanha), 1:20:19
27.º, José Manuel Pérez, 1999 (ESP - Espanha), 1:20:20
28.º, Declan Tingay, 1999 (AUS - Austrália), 1:20:20
29.º, Andres Eduardo Olivas Núñez, 1998 (MEX - México), 1:20:22
30.º, Callum Wilkinson, 1997 (GBR - Grã-Bretanha), 1:20:27
31.º, Iván López, 1997 (ESP - Espanha), 1:20:30
32.º, José Montana, 1992 (COL - Colômbia), 1:20:39
33.º, Xianghong He, 1998 (CHN - China), 1:20:43
34.º, Isaac Palma, 1990 (MEX - México), 1:20:59
35.º, César Herrera, 1999 (COL - Colômbia), 1:21:10
36.º, Li Xingfu, 2002 (CHN - China), 1:21:12
37.º, Leo Köpp, 1998 (GER - Alemanha), 1:21:16
38.º, Lucas Mazzo, 1994 (BRA - Brasil), 1:21:25
39.º, Qin Wang, 1994 (CHN - China), 1:21:26
40.º, Motofumi Suwa, 1999 (JPN - Japão), 1:21:49
41.º, Álvaro López, 1999 (ESP - Espanha), 1:21:55
42.º, Andrea Agrusti, 1995 (ITA - Itália), 1:21:59
43.º, Manuel Bermúdez, 1997 (ESP - Espanha), 1:21:59
44.º, Max Batista Goncalves Dos Santos, 1994 (BRA - Brasil), 1:22:01
45.º, Wenchao Niu, 1998 (CHN - China), 1:22:24
46.º, Julio César Salazar, 1993 (MEX - México), 1:22:24
47.º, Kevin Campion, 1988 (FRA - França), 1:22:25
48.º, Diego Giampaolo, 2004 (ITA - Itália), 1:22:27
49.º, Roberto Vasquez, 1998 (MEX - México), 1:22:49
50.º, Jhonatan Javier Amores Carua, 1998 (ECU - Equador), 1:22:53
51.º, Yassir Cabrera, 1988 (PAN - Panamá), 1:22:54
52.º, Bernardo Uriel Barrondo, 1993 (GUA - Guatemala), 1:22:58
53.º, Oisin Lane, 2002 (IRL - Irlanda), 1:23:14
54.º, Hongliang Zhang, 1999 (CHN - China), 1:23:41
55.º, Yandong Li, 1998 (CHN - China), 1:23:43
56.º, Brandon Segura, 1996 (MEX - México), 1:23:46
57.º, Zhaozhao Wang, 1999 (CHN - China), 1:23:48
58.º, Yifeng Wang, 2003 (CHN - China), 1:23:50
59.º, Pablo Rodriguez Rojas, 2004 (ESP - Espanha), 1:24:22
60.º, Nicola Lomuscio, 2003 (ITA - Itália), 1:24:28
61.º, Isaac Porcayo, 2001 (MEX - México), 1:24:38
62.º, Teodorico Caporaso, 1987 (ITA - Itália), 1:24:38
63.º, Martin Madeline-Degy, 2001 (FRA - França), 1:25:11
64.º, Juan Calderon, 1999 (CRC - Costa Rica), 1:25:38
65.º, Carl Dohmann, 1990 (GER - Alemanha), 1:25:44
66.º, Mattéo Duc, 2001 (FRA - França), 1:25:48
67.º, José Leyver, 1985 (MEX - México), 1:26:32
68.º, Cameron Corbishley, 1997 (GBR - Grã-Bretanha), 1:26:37
69.º, Juan José Soto, 1999 (COL - Colômbia), 1:26:44
70.º, Pablo Pastor, 2003 (ESP - Espanha), 1:26:58
71.º, César Córdova Fernández, 2002 (MEX - México), 1:27:19
72.º, Carlos Mercenario, 2000 (MEX - México), 1:28:17
73.º, Brandon Perez, 2002 (MEX - México), 1:28:36
74.º, Hélder Santos, 1996 (POR - Portugal), 1:28:46
75.º, Killian Lebreton, 2000 (FRA - França), 1:29:17
76.º, Kyrian Vallee, 1994 (FRA - França), 1:29:19
77.º, Ellis Batifol, 2003 (FRA - França), 1:30:47
78.º, Lucas Dreville, 2002 (FRA - França), 1:31:34
79.º, Romario Echavarria, 1996 (COL - Colômbia), 1:32:47
80.º, Lorenzo Antonio Davila Ruiz, 2004 (MEX - México), 1:33:27
81.º, Daniel Jimeno, 2000 (ESP - Espanha), 1:34:04
82.º, Bryan Morano, 2001 (MEX - México), 1:36:32
83.º, Andy Boutrais, 1991 (FRA - França), 1:46:16
(...)

10 km sub-20 masculinos
1.º, Hugo Ellul, 2005 (FRA - França), 42:52
2.º, Julian Andres Alfonso, 2005 (COL - Colômbia), 42:58
3.º, Jhoshua Jhosefth Monterroso Ortíz, 2005 (GUA - Guatemala), 43:20
4.º, Pablo Zárate, 2007 (ESP - Espanha), 43:58
5.º, Jesus Leonardo Ramirez, 2005 (COL - Colômbia), 44:30
6.º, Juan Pablo Rojas, 2006 (COL - Colômbia), 45:07
7.º, Jose Fernandez Nieves, 1980 (ESP - Espanha), 45:57
8.º, Sebastia Vinicio Barrera Quinde, 2007 (ECU - Equador), 46:06
9.º, Ismael Díaz Sanchez, 2004 (ESP - Espanha), 47:21
(...)

«Resultados em atualização»

Kimberly García bisa na Corunha

A prova feminina de 20 km, o triunfo de Kimberly García, e no pódio com Alegna González
e Hong Liu. Imagens: Federacion Galega de Atletismo. Montagem: O Marchador

Kimberly García continua a passear a superioridade como melhor marchadora mundial da actualidade e, uma semana depois do triunfo em Rio Maior, venceu este sábado os 20 km femininos do XXXVII Grande Prémio Internacional Cantones de A Coruña em marcha atlética, com a marca de 1.26.41 h, apenas mais um segundo do que registou quando da vitória no mesmo local há um ano. A peruana voltou assim a impor-se na prova galega a toda a concorrência, liderada desta vez pela mexicana Alegna González, com 1.26.57 h, e pela chinesa Hong Liu, com 1.27.11 h, respectivamente segunda e terceira classificadas.

Para Liu, que em 2015 bateu o recorde mundial da distância precisamente na Corunha, com 1.24.38 h, tratou-se de melhorar ainda um pouco a marca com que duas semanas antes triunfara em Varsóvia (Polónia), com mais 24 segundos do que agora em Espanha.

Kimberly manteve-se integrada no grupo de liderança nas primeiras voltas ao circuito de mil metros e, após a primeira légua, cumprida em 22.13 m, passou ao ataque. Primeiro, imprimindo uma aceleração que levou os parciais de cada quilómetro para a junto dos 4.20 minutos por volta (até aí, 4.25 a 4.30) e fragmentou o pelotão da frente, reduzido a 12-14 unidades. Depois, forçando de novo o ritmo, trazido para 4.15 m ou menos, levando a que apenas as chinesas Jiayu Yang e Zhenxia Ma conseguissem acompanhá-la. Mas por pouco tempo.

A atleta andina ficou finalmente isolada na dianteira pouco antes da passagem aos 13 quilómetros, vendo até final a vantagem aumentar em cada volta. Aos 15 quilómetros detinha já 18 segundos sobre o sexteto composto pelas chinesas Yang, Ma e Liu, pela espanhola Laura García-Caro, pela brasileira Viviane Lyra e pela mexicana González.

Até final, bastou a Kimberly García manter o ritmo a rondar 4.17 minutos por volta para, dessa forma, assegurar o triunfo, com avanço crescente sobre as perseguidoras.

A portuguesa Joana Pontes não concluiu a competição.

Nos 10 km das sub-20, vitória da espanhola Griselda Serret, com 48.08 m, acompanhada no pódio pela colombiana Rubi Segura (49.23) e pela equatoriana María Elena Portilla (50.41). Nos lugares imediatos posicionaram-se as portuguesas Samanta Zueva (também 50.41) e Gabriela Santos (51.22), tendo Isa Ferreira desistido.

Classificações
20 km femininos
1.ª, Kimberly García León, 1993 (PER - Peru), 1:26:41
2.ª, Alegna González, 1999 (MEX - México), 1:26:57
3.ª, Hong Liu, 1987 (CHN - China), 1:27:11
4.ª, Viviane Lyra, 1993 (BRA - Brasil), 1:27:13
5.ª, Laura García-Caro, 1995 (ESP - Espanha), 1:27:19
6.ª, Jiayu Yang, 1996 (CHN - China), 1:27:27
7.ª, María Pérez, 1996 (ESP - Espanha), 1:27:43
8.ª, Zhenxia Ma, 1998 (CHN - China), 1:28:14
9.ª, Yuxia Shi, 1999 (CHN - China), 1:28:44
10.ª, Pauline Stey, 2001 (FRA - França), 1:29:07
11.ª, Li Peng, 2002 (CHN - China), 1:29:11
12.ª, Antia Chamosa, 1999 (ESP - Espanha), 1:29:11
13.ª, Alejandra Ortega, 1994 (MEX - México), 1:29:29
14.ª, Ilse Guerrero, 1993 (MEX - México), 1:29:37
15.ª, Ayane Yanai, 2003 (JPN - Japão), 1:29:44
16.ª, Jemima Montag, 1998 (AUS - Austrália), 1:30:19
17.ª, Johana Ordóňez, 1987 (ECU - Equador), 1:30:26
18.ª, Alexandrina Mihai, 2003 (ITA - Itália), 1:30:50
19.ª, Rachelle De Orbeta, 2000 (PUR - Porto Rico), 1:31:09
20.ª, Lucy Alejandra Mendoza Malagon, 1999 (COL - Colômbia), 1:31:16
21.ª, Nicole Colombi, 1995 (ITA - Itália), 1:31:41
22.ª, Federica Curiazzi, 1992 (ITA - Itália), 1:31:41
23.ª, Lidia Sanchez-Puebla, 1996 (ESP - Espanha), 1:32:00
24.ª, Laura Cristina Mojica Chalarca, 2000 (COL - Colômbia), 1:32:07
25.ª, Sofia Ramos Rodríguez, 2002 (MEX - México), 1:32:22
26.ª, Li Ma, 2000 (CHN - China), 1:32:47
27.ª, Noelia Vargas, 2000 (CRC - Costa Rica), 1:32:50
28.ª, Paula Juarez, 2000 (ESP - Espanha), 1:32:59
29.ª, Lucia Redondo, 2003 (ESP - Espanha), 1:33:18
30.ª, Eleonora Dominici, 1996 (ITA - Itália), 1:33:38
31.ª, Paula Milena Torres, 2000 (ECU - Equador), 1:33:40
32.ª, Lamei Yin, 2002 (CHN - China), 1:33:47
33.ª, Valeria Ortuño, 1998 (MEX - México), 1:33:50
34.ª, Gabriela De Sousa, 2002 (BRA - Brasil), 1:33:58
35.ª, Angela Castro, 1993 (BOL - Bolívia), 1:34:44
36.ª, Haiying Ji, 2000 (CHN - China), 1:34:59
37.ª, Robyn Stevens, 1983 (USA - E.U. América), 1:35:54
38.ª, Eva Rico, 2003 (ESP - Espanha), 1:36:09
39.ª, Karla Jaramillo, 1997 (ECU - Equador), 1:36:49
40.ª, Dana Paola Aceves, 2002 (MEX - México), 1:37:22
41.ª, Ana Delahaie, 2004 (FRA - França), 1:37:25
42.ª, Aldara Meilán, 2006 (ESP - Espanha), 1:37:46
43.ª, Giulia Gabriele, 2005 (ITA - Itália), 1:38:33
44.ª, Mayara Luize Vicentainer, 1991 (BRA - Brasil), 1:38:59
45.ª, Sandra Viviana Galvis, 1986 (COL - Colômbia), 1:39:32
46.ª, Beatriz Cantero, 1992 (ESP - Espanha), 1:39:54
47.ª, Mirna Ortíz, 1987 (GUA - Guatemala), 1:40:26
48.ª, Anabelly Orjuela, 1988 (COL - Colômbia), 1:41:33
49.ª, Nelly Lagrange, 2004 (FRA - França), 1:41:52
50.ª, Caroline Osmont, 1996 (FRA - França), 1:42:45
51.ª, Anastasia Sanzana, 1998 (CHI - Chile), 1:43:24
52.ª, Sara Vitiello, 1996 (ITA - Itália), 1:43:47
53.ª, Jennifer Estefania Campoverde Narvaez, 1999 (ECU - Equador), 1:45:13
54.ª, Naomi Garcia, 1998 (PUR - Porto Rico), 1:45:50
55.ª, María Fernanda Peinado, 2001 (GUA - Guatemala), 1:46:35
56.ª, Erika Kelly, 1992 (GBR - Grã-Bretanha), 1:46:38
57.ª, Elianay Pereira, 1984 (BRA - Brasil), 1:49:56
(...)

10 km sub-20 femininos
1.ª, Griselda Serret, 2005 (ESP - Espanha), 48:08
2.ª, Rubi Dayana Segura Garcia, 2006 (COL - Colômbia), 49:23
3.ª, Maria Elena Portilla, 2007 (ECU - Equador), 50:41
4.ª, Samanta Zueva, 2005 (POR - Portugal), 50:41
5.ª, Gabriela Santos, 2006 (POR - Portugal), 51:22
6.ª, Abby Hughes, 2005 (GBR - Grã-Bretanha), 51:35
7.ª, Tania Maribel Once Salinas, 2007 (ECU - Equador), 52:26
8.ª, Alba Perez Nieto, 2002 (ESP - Espanha), 53:05
(...)

«Resultados em atualização»

sábado, 18 de maio de 2024

EMACNS Porto Santo 2024: 10 km femininos W35+ (resultados)

A partida dos  10 km femininos (com os masculinos) no EMACNS em Porto Santo,
Bianca Schenker à chegada e no pódio W45 com Sandra Silva e Felicidade Rosa, e
Maria Orlete Mendes no pódio W70. Imagens: Enyo Freitas, ANAV e EMACNS 2024.
Montagem: O Marchador

Na prova feminina de 10 km marcha (em conjunto com a masculina) realizada ontem (17/5) em Porto Santo e a contar para os Campeonatos da Europa de Veteranos em Estrada (EMACNS), foram 32 as atletas que alinharam à partida, representando 12 países.

Evidenciando clara superioridade, a alemã Bianca Schenker foi a vencedora absoluta e no escalão W45, com 53:54, com os lugares imediatos a pertencerem a duas portuguesas, também W45, Sandra Silva, com 56:23, e Felicidade Rosa, com 56:33.

Nas menos jovens, o destaque vai para a W70 Maria Orlete Mendes, a obter a única medalha de ouro para Portugal, com a marca de 1:06:49 (13.ª na geral).

Apresenta-se a lista das campeãs da Europa apuradas nos 10 km marcha:

W35: Barbara Hollinger (AUT - Áustria), 1:01:21
W40: Karin Freitag (AUT - Áustria), 59:29
W45: Bianca Schenker (GER - Alemanha), 53:54
W50: Lenka Borovičková (CZE - República Checa), 1:00:22
W55: Katalin Bodorkós-Horváth (HUN - Hungria), 58:36
W60: Patrizia Seraki (FRA - França), 1:06:12
W65: Dace Saulite (LAT - Letónia), 1:13:59
W70: Maria Mendes (POR - Portugal), 1:06:49
W75: Maryse Lassus (FRA - França), 1:28:14
W80: Helga Dräger (GER - Alemanha), 1:33:52

No quadro das medalhas individuais obtidas, Portugal foi quem somou o maior número (7), adicionando à de ouro, mais 5 de prata (Sandra Silva, W45, Júlia Sousa, W55, Ana Macedo, W50, Marisa Pereira, W40 e Teresa Mendes, W60) e 1 de bronze (Felicidade Rosa, W45). A França foi o segundo país, com 3 medalhas (2 de ouro e 1 de bronze).

Por equipas, Portugal voltou a evidenciar-se com 3 medalhas de ouro, no escalão W40 (Maria Orlete Mendes, Marisa Pereira e Paula Maurício), no W45 (Sandra Silva, Felicidade Rosa e Teresa Mendes) e no W50 (Júlia Sousa, Ana Macedo e Fátima Costa). Outros países vencedores foram a Áustria, no escalão W35, a França, no W55, e a Letónia, no W65.

O escalão W55 foi o mais participado, com 9 atletas.

Classificação individual
10 km W35+ / geral e escalão etário
1.ª, Bianca Schenker (GER - Alemanha), 53:54 - 1.ª, W45
2.ª, Sandra Silva (POR - Portugal), 56:23 - 2.ª, W45
3.ª, Felicidade Rosa (POR - Portugal), 56:33 - 3.ª, W45
4.ª, Katalin Bodorkós-Horváth (HUN - Hungria), 58:36 - 1.ª, W55
5.ª, Júlia Sousa (POR - Portugal), 59:24 - 2.ª, W55
6.ª, Karin Freitag (AUT - Áustria), 59:29 - 1.ª, W40
7.ª, Melanie Peddle (GBR - Grã-Bretanha), 59:30 - 3.ª, W55
8.ª, Lenka Borovičková (CZE - República Checa), 1:00:22 - 1.ª, W50
9.ª, Barbara Hollinger (AUT - Áustria), 1:01:21 - 1.ª, W35
10.ª, Patrizia Seraki (FRA - França), 1:06:12 - 1.ª, W60
11.ª, Patrizia Furegon (ITA - Itália), 1:06:20 - 4.ª, W55
12.ª, Gudrun Klose (GER - Alemanha), 1:06:34 - 5.ª, W55
13.ª, Maria Mendes (POR - Portugal), 1:06:49 - 1.ª, W70
14.ª, Ana Macedo (POR - Portugal), 1:07:06 - 2.ª, W50
15.ª, Elenir O. dos Santos (ESP - Espanha), 1:10:14 - 3.ª, W50
16.ª, Andreja Poklar (SLO - Eslovénia), 1:10:59 - 6.ª, W55
17.ª, Marisa Pereira (POR - Portugal), 1:11:13 - 2.ª, W40
18.ª, Aurora Ordas Alvarez (ESP - Espanha), 1:11:19 - 2.ª, W70
19.ª, Fátima Costa (POR - Portugal), 1:12:00 - 4.ª, W50
20.ª, Norah Versyp (FRA - França), 1:12:25 - 7.ª, W55
21.ª, Claudine Anxionnat (FRA - França), 1:13:14 - 3.ª, W70
22.ª, Dace Saulite (LAT - Letónia), 1:13:59 - 1.ª, W65
23.ª, Teresa Mendes (POR - Portugal), 1:15:33 - 2.ª, W60
24.ª, Rosaria Dicesare (ITA - Itália), 1:15:45 - 2.ª, W65
25.ª, Dorothea Grolig (AUT - Áustria), 1:16:39 - 4.ª, W70
26.ª, Mara Rinasa (LAT - Letónia), 1:20:40 - 8.ª, W55
27.ª, Paula Maurício (POR - Portugal), 1:21:58 - 9.ª, W55
28.ª, Nina. Jurcina. (LAT - Letónia), 1:23:13 - 5.ª, W70
29.ª, Małgorzata Behounek (POL - Polónia), 1:24:01 - 3.ª, W60
30.ª, Dzidra Sirve (LAT - Letónia), 1:24:31 - 6.ª, W70
31.ª, Maryse Lassus (FRA - França), 1:28:14 - 1.ª, W75
32.ª, Helga Dräger (GER - Alemanha), 1:33:52 - 1.ª, W80

EMACNS Porto Santo 2024: 10 km masculinos M35+ (resultados)

Nos 10 km masculinos de Porto Santo, Tomasz Lipiec, o vencedor absoluto e campeão
M50, a partida, o pódio M55 com o português Pedro Martins, e em prova, o francês
Alexis Jordana, M85, e o britânico Ian Richards, M75. Fotos: fb Enyo Freitas e ANAV.
Montagem: O Marchador

Uma partida conjunta de atletas masculinos (e também femininos) de todos as faixas etárias abriu ontem (17/5), às 11 horas da manhã, a participação dos marchadores na 19.ª edição dos Campeonatos da Europa de Veteranos em Estrada (EMACNS), evento que até ao próximo domingo decorre em Porto Santo.

O primeiro atleta a cortar a meta em termos absolutos foi o polaco Tomasz Lipiec, pertencente ao escalão M50, sendo cronometrado em 49.32. Ainda na casa dos 49 minutos de prova entrou o segundo classificado da geral e primeiro M45, o espanhol Ruben Piñera Álvarez, com 49:46, seguido do português Luís Gil, também M45, com 50.18 (terceiro na geral e medalha de prata no escalão).

Nos mais idosos, referência para o britânico M75 Ian Richards, com 1:01:19 (21.º na geral) e para o francês M85 Alexis Jordana, com 1:27:45.

A única medalha de ouro para a representação nacional masculina foi conseguida por Pedro Martins, do escalão M55, com a marca de 54.56. Jaime Santos, M50, e Ricardo Vendeira, M40, foram outros medalhados portugueses (prata).

Os campeões da Europa de 10 km marcha são agora os seguintes atletas:

M35: Gaëtan Piette (BEL - Bélgica), 1:05:34
M40: Victor Castro Mateo (ESP - Espanha), 50:59
M45: Ruben Piñera Álvarez (ESP - Espanha), 49:46
M50: Tomasz Lipiec (POL - Polónia), 49:32
M55: Pedro Martins (POR - Portugal), 54:56
M60: Leszek Behounek (POL - Polónia), 57:06
M65: Edoardo Alfieri (ITA - Itália), 59:16
M70: Jiri Janousek (CZE - República Checa), 1:06:05
M75: Ian Richards (GBR - Grã-Bretanha), 1:01:19
M80: Otmar Seul (GER - Alemanha), 1:35:24
M85: Alexis Jordana (FRA - França), 1:27:45

O maior número de medalhas individuais na prova masculina foi conquistado por Portugal (1 de ouro e 3 de prata) e Itália (1 de ouro, 2 de prata e 1 de bronze), ambos com 4 cada.

Em termos coletivos, 5 países obtiveram o ouro, nomeadamente Portugal, nos M40 (Luís Gil, Pedro Martins e Ricardo Vendeira), a Espanha, nos M45, a Áustria, nos M55, a Itália, nos M65 e a França, nos M70.

Foram 49 os atletas que alinharam à partida, representando 13 países, com o escalão M65 a ser o mais participado (15 concorrentes).

Classificação individual
10 km M35+ / geral e escalão etário
1.º, Tomasz Lipiec (POL - Polónia), 49:32 - 1.º, M50
2.º, Ruben Piñera Álvarez (ESP - Espanha), 49:46 - 1.º, M45
3.º, Luis Gil (POR - Portugal), 50:18 - 2.º, M45
4.º, Victor Castro Mateo (ESP - Espanha), 50:59 - 1.º, M40
5.º, Jaime Santos (POR - Portugal), 54:21 - 2.º, M50
6.º, Pedro Martins (POR - Portugal), 54:56 - 1.º, M55
7.º, Giuseppe Saponaro (ITA - Itália), 54:57 - 3.º, M50
8.º, Ricardo Vendeira (POR - Portugal), 55:00 - 2.º, M40
9.º, Roman Brzezowsky (AUT - Áustria), 55:18 - 2.º, M55
10.º, Luís Sousa (POR - Portugal), 56:36 - 4.º, M50
11.º, Leszek Behounek (POL - Polónia), 57:06 - 1.º, M60
12.º, Mathieu Chevallereau (FRA - França), 57:34 - 3.º, M40
13.º, David Cervello (ESP - Espanha), 57:43 - 3.º, M45
14.º, Sebastian Karpiński (POL - Polónia), 58:30 - 4.º, M40
15.º, Edoardo Alfieri (ITA - Itália), 59:16 - 1.º, M65
16.º, Jose Rodriguez Jumenez (ESP - Espanha), 59:17 - 4.º, M45
17.º, Franz Kropik (AUT - Áustria), 59:33 - 3.º, M55
18.º, Gabriele Caldarelli (ITA - Itália), 59:46 - 2.º, M65
19.º, Mirosław Łuniewski (POL - Polónia), 1:01:04 - 3.º, M65
20.º, Gianni Siragusa (ITA - Itália), 1:01:07 - 4.º, M55
21.º, Ian Richards (GBR - Grã-Bretanha), 1:01:19 - 1.º, M75
22.º, Georg Hauger (GER - Alemanha), 1:03:30 - 4.º, M65
23.º, Stuart Bennett (GBR - Grã-Bretanha), 1:04:29 - 5.º, M65
24.º, Waldemar Malecki (POL - Polónia), 1:04:30 - 6.º, M65
25.º, Colin Harle (GBR - Grã-Bretanha), 1:04:32 - 7.º, M65
26.º, Gaëtan Piette (BEL - Bélgica), 1:05:34 - 1.º, M35
27.º, Jiri Janousek (CZE - República Checa), 1:06:05 - 1.º, M70
28.º, Franco V. Degli Esposti (ITA - Itália), 1:06:46 - 8.º, M65
29.º, Hardeep Minhas (GBR - Grã-Bretanha), 1:06:57 - 9.º, M65
30.º, Klaus Pflästerer (GER - Alemanha), 1:07:12 - 10.º, M65
31.º, Roberto Piaser (ITA - Itália), 1:08:42 - 2.º, M75
32.º, Giancarlo A. Cuscunà (ITA - Itália), 1:08:50 - 5.º, M45
33.º, Fabio Ruzzier (SLO - Eslovénia), 1:09:47 - 2.º, M70
34.º, John McMullin (IRL - Irlanda), 1:10:45 - 3.º, M75
35.º, Ryszard Harasinski (POL - Polónia), 1:10:54 - 11.º, M65
36.º, Marc Lassus (FRA - França), 1:11:04 - 3.º, M70
37.º, Horst Kiepert (GER - Alemanha), 1:11:19 - 4.º, M70
38.º, José Oliveira (POR - Portugal), 1:12:00 - 12.º, M65
39.º, Gonçalo Rebelo (POR - Portugal), 1:12:02 - 13.º, M65
40.º, Ulf Tomaschek (AUT - Áustria), 1:12:52 - 2.º, M60
41.º, Claude Flamant (FRA - França), 1:12:52 - 4.º, M75
42.º, Alfons Schwarz (GER - Alemanha), 1:13:38 - 14.º, M65
43.º, José Piçarra (POR - Portugal), 1:17:48 - 15.º, M65
44.º, Johann Siegele (AUT - Áustria), 1:18:50 - 5.º, M75
45.º, Juan Bermúdez Ortiz (ESP - Espanha), 1:19:43 - 5.º, M55
46.º, Blas Garcia Moreno (ESP - Espanha), 1:21:36 - 5.º, M50
47.º, Alexis Jordana (FRA - França), 1:27:45 - 1.º, M85
48.º, Otmar Seul (GER - Alemanha), 1:35:24 - 1.º, M80
Desistente: Florin Dumitru (ROU - Roménia) - M45.

Os Juízes Internacionais de Marcha no 31º GP Internacional de Rio Maior

Juízes de Marcha, Delegado Técnico da WA, Assistentes e Secretariado, na companhia
dos principais responsáveis do evento. Foto: fb Rio Maior Sports Centre/Ricardo Aurélio.
Montagem: O Marchador

Com a foto que agora publicamos e que, com alguma propriedade, podemos usar aquele famoso provérbio do pensador político e filósofo chinês Confúcio, na verdade, Chiu Kung, o seu verdadeiro nome, de que “uma imagem vale mais que mil palavras”, queremos assinalar a presença na edição de 2025 do Grande Prémio Internacional de Rio Maior dos Juízes de Marcha, Delegado Técnico da WA, Assistentes e Secretariado, na companhia dos principais responsáveis deste emblemático e muito bem organizado evento.

Foi mais uma jornada concluída com sucesso, em que os Juízes Internacionais de Marcha fiscalizaram a ação regulamentar de 48 atletas participantes nas provas internacionais (10 km Sub-20 e 20 Km Seniores), decidindo pela desclassificação de 3 atletas, com 4 ou mais notas de desclassificação – RC, o que corresponde a 6,3% do total, assinalando 17 atletas com o registo de 1, 2 ou 3 notas de desclassificação – RC, correspondente a 35,4%, e em que 28 atletas não registaram quaisquer notas de desclassificação – RC, correspondendo a 58,3% do total.

Na edição deste ano, a convite da Organização, tivemos a presença de três Juízes Internacionais de Marcha que se estrearam em eventos internacionais da World Athletics Race Walking Tour: Kristina Saltanovic, Sergio Moreno e Verity Snook, uma experiência memorável como os próprios reconheceram, de Martin Skarba a atuar pela primeira vez em Rio Maior, ele que foi Juiz-chefe nos últimos Europeus de Seleções de Marcha, o nosso bem conhecido Frédéric Bianchi (vai estar nos Jogos Olímpicos de Paris), que já atuara em 2006 e 2022 e fora Delegado da WA em 2017, e do próprio Sergio Solana, desta vez estreando-se na qualidade de Delegado da WA, mas que atuou, então como Juiz de Marcha, nas edições de 2012 e 2013.

E ainda a propósito dos juízes estrangeiros que visitaram Rio Maior, apropriadamente designada de Cidade do Desporto, iniciando-se o ciclo internacional em 1997 com os espanhóis Domingos Casillas e Jose Santasusana (a partir desse ano sempre com a presença de Oficiais de Espanha tal como, também simpaticamente e numa informal e saudável parceria, o GP Cantones de A Coruna, ininterruptamente desde 1996, integra no seu júri um juiz português), temos a salientar a atuação de 55 diferentes Juízes de 23 países, a saber: Espanha (11), Grã-Bretanha (6), Itália (5), Alemanha (5), França (3), Eslováquia (3), Irlanda (3), Noruega (2), Finlândia (2), Turquia (2), Rússia (1), Polónia (1), República Checa (1), Países Baixos (1), Suíça (1), Suécia (1), Brasil (1), Grécia (1), China (1), Dinamarca (1), Hungria (1), Roménia (1) e Lituânia (1).

Na foto:

De pé (da esquerda para a direita): Francisco Franco, Vasco Guedes, António Caniço, Kristina Saltanovic (LTU), Verity Snook (GBR), Frédéric Bianchi (SUI), José Ganso, Martin Skarba (SVK), Miguel Pacheco (Diretor da Competição), Paula Canadas (Presidente do Clube de Natação de Rio Maior), Filipe Santana Dias (Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior) e Hugo Dinis (Diretor Técnico);

Agachados (da esquerda para a direita): Mário Mendes, André Brito, Luís Dias, Sergio Moreno (ESP), José Dias e Sergio Solana (ESP).

sexta-feira, 17 de maio de 2024

FPA volta a excluir a marcha atlética para juvenis (sub-18) no Torneio Olímpico Jovem 2024

Imagens: FPA. Montagem: O Marchador

A edição n.º 41 do Torneio Nacional Olímpico Jovem que neste fim de semana (18-19/5) se realiza em Lagoa, mantém a discriminação para com a disciplina da marcha atlética, que continua a fazer parte apenas para o escalão de iniciados (sub-16), ficando os juvenis (sub-18) sem a possibilidade de competir, ao contrário do que sucede com atletas de outras disciplinas deste escalão.

Esta é uma reiterada e lamentável opção da responsabilidade da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) que, ostentando o conceito olímpico no próprio nome do torneio, sonega a alguns, neste caso aos marchadores, a oportunidade dada aos demais!

Assim, com a marcha atlética a ficar confinada apenas aos atletas iniciados (sub-16), estes terão as suas provas de 4000 metros no início da jornada de domingo, com partida conjunta às 9h00, os femininos na pista 1 e os masculinos na pista 5.

A prova feminina conta com 17 atletas inscritas [ver listagem, aqui] e a masculina com apenas 11 [aqui].

De notar que os vencedores da edição em 2023, também em Lagoa, foram os representantes da Madeira, Afonso Nóbrega, e do Algarve, Lara Roque, atletas que pertencendo já ao escalão sub-18, sem provas no programa, são vítimas da injusta decisão federativa.

Consulte o regulamento do evento, aqui.

Campeonatos Nacionais Individuais ANDDI - Faro 2024 (resultados)

As provas de marcha na pista de Faro, os campeões Afonso Roll (dorsal 18), Ana Gomes
(48), Francisco Gouveia (67), Jennifer Nogueira (35), e vários outros participantes.
Fotos: ANDDI Portugal. Montagem: O Marchador

Integrados na 5.ª edição dos Jogos ANDDI Portugal - Tavira 2024 (3 a 5 de maio), realizaram-se na Pista de Atletismo de Faro os Campeonatos Nacionais Individuais em Pista ao Ar Livre (4/5) para atletas portadores de Deficiência Intelectual, com provas de marcha de 1500 metros para os escalões Desenvolvimento e Síndrome Down e ainda de 5000 metros para Seniores.

Sagraram-se campeões nacionais, no Desenvolvimento, Ana Gomes, atleta do FC Madalena, com 10:35.39, a prova mais participada (5 atletas), no Síndrome Down, Francisco Gouveia, CD Os Especiais, com 11:20.53, e Jennifer Nogueira, com 12:49.90, todos nos 1500 metros, e finalmente nos Seniores, Afonso Roll, da Escola do Movimento, com 31:23.31 nos 5.000 metros.

As provas de marcha tiveram a participação de 13 atletas em representação de 6 clubes.

Classificações
1500 m Marcha - Desenvolvimento - Femininos
1.ª, Ana Gomes, 1995/sénior (F C Madalena), 10:35.39
2.ª, Érica Nunes, 2009/sub-16 (A Cristâ Mocidade), 10:36.00
3.ª, Filipa Toste, 2003/sub-23 (A Cristâ Mocidade), 10:57.29
4.ª, Tânia Mendonça, 1981/W40 (A Cristâ Mocidade), 11:59.32
5.ª, Sara Lopes, 1994/sénior (A Cristâ Mocidade), 12:22.79

1500 m Marcha - S.Down - Femininos
1.ª, Jennifer Nogueira, 1989/W35 (Individual), 12:49.90
2.ª, Daniela Tavares, 1992/sénior (Desp Santa Clara), 14:12.59
3.ª, Luísa Câmara, 1990/sénior (Desp Santa Clara), 14:31.85
4.ª, Andreia Dias, 1998/sénior (Desp Santa Clara), 15:39.38

1500 m Marcha - S.Down - Masculinos
1.º, Francisco Gouveia, 1981/M40 (C Desp Os Especiais), 11:20.53
2.º, Pedro Aléxis, 1994/sénior (Desp Santa Clara), 12:50.47

5000 m Marcha - Seniores - Masculinos
1.º, Afonso Roll, 1992/sénior (Escola do Movimento), 31:23.31
2.º, Alexandre Rodrigues, 1994/sénior (Santana Club), 34:19.32

Corunha recebe a elite da marcha atlética mundial

O cartaz do evento.

A Corunha, com a 37ª edição do Grande Prémio Internacional Cantones de A Coruña – Troféu Sergio Vázquez, será este sábado a capital mundial da marcha atlética, com a realização dos 20 km masculinos e femininos, num circuito plano de 1 km e integrado na categoria GOLD da World Athletics Race Walking Tour, o único evento no plano mundial da disciplina a ostentar a distinção conferida pela WA com a Placa de Património Mundial do Atletismo.

Campeões e medalhados europeus, mundiais e olímpicos, o espanhol Alvaro Martín, o japonês Koki Ikeda, o brasileiro Caio Bonfim, a peruana Kimberly García, a espanhola María Pérez, a chinesa Ma Zhenxia e a brasileira Erica Sena, entre muitos outros de altíssimo nível, marcarão presença nesta edição de Os Cantones com a prova feminina dos 20 km agendada para as 17:00 horas locais (7 minutos depois partem os atletas Sub-20) e a masculina (73 atletas) às 19:00 horas.

A lista de atletas inscritos para a edição deste ano, onde constam vários portugueses, pode se consultada aqui.

A equipa de juízes internacionais de marcha é chefiada pela espanhola Dolores Rojas (um dos rostos organizativos do evento), e integra o suíço Frédéric Bianchi, a eslovaca Zuzana Costin, o francês Jean-Pierre Dahm, o português José Júlio Dias e o espanhol Guillermo Sandino Leiria, tendo a World Athletics nomeado para Delegado Técnico o checo Martin Nedvidek.

O evento é organizado pela Federação Galega de Atletismo com o suporte da Câmara Municipal da Corunha e será transmitido em direto, via streaming, aqui.

Um dossier sobre o evento está disponível aqui.

quinta-feira, 16 de maio de 2024

Rio Maior 2024 - Marcha Jovem/Légua (resultados)

Rio Maior 2024: as partidas das provas promocionais «Jovem» e «Légua».
Fotos: fb FOTOS Oliveirinha e Rio Maior Sports Centre.
Montagem: O Marchador

A 31.ª edição do Grande Prémio Internacional de Marcha de Rio Maior do passado sábado (11/5) integrou no programa, e a anteceder os 20 km, provas de promoção de 2 km para jovens dos escalões sub-12, sub-14 e sub-16, e ainda de 5 km para atletas dos escalões sub-18 a veteranos.

Na classificação absoluta dos 5 km, os sub-18 David Ferreira, do SC União Torreense, e Leandro Silva, do SL Benfica, foram os grandes animadores da prova, concluindo a distância em 23.14 e 23.26, respetivamente, marcas que constituem mínimos para o europeu da categoria a realizar em meados de julho deste ano em Banská Bystrica, Eslováquia. No setor feminino, o primeiro lugar pertenceu à veterana Vera Santos, W40, do SC Braga, com 25.06 (4.ª na geral). Participaram 27 atletas.

Na prova de 2 km, foram as meninas sub-16 que se impuseram em termos absolutos, com um segundo a separar as duas primeiras classificadas, nomeadamente Isabel Laginhas, da ACR Senhora do Desterro (10.25) e Sofia Santos, da EA Pedro Pessoa (10.26). No setor masculino, o melhor foi o sub-16 Vicente Figueiredo, do CN Rio Maior, com 11.12 (4.º na geral). Participaram 24 atletas.

Nas classificações coletivas apuradas pelo conjunto masculino e feminino de cada equipa, as vitórias pertenceram à ACR Mealhada, na Marcha Jovem de Promoção, e ao GRECAS - Vagos, na Légua de Marcha de Promoção.

Classificações
Légua de Marcha - geral (masc. + fem.) / 5 km sub-18, sub-20, seniores e veteranos
1. David Ferreira, 2007 (Sport Clube União Torreense), 23.14 - sub-18 masc.
2. Leandro Silva, 2007 (SL Benfica), 23:26 - sub-18 masc.
3. Alex Valente, 2006 (GRECAS - Vagos), 25:03 - sub-20 masc.
4. Vera Santos, 1981 (Sporting Clube Braga), 25:06 - vet. 40 fem.
5. Paulo Cunha, 1969 (Clube Campismo São João da Madeira), 26:00 - vet. 50 masc.
6. Jaime Santos, 1972 (GRECAS - Vagos), 26:00 - vet. 50 masc.
7. Diogo Pinho, 2008 (Villa Cesari/FLAMA), 26:13 - sub-18 masc.
8. Ana Catarina Leonor, 1998 (Grupo Desportivo e Rec. da Verderena), 26:28 - sénior fem.
9. Isabel Luis, 2007 (Escola de Atletismo Pedro Pessoa), 26:41 - sub-18 fem.
10. Matilde Angélico, 2008 (Clube de Atletismo da Marinha Grande), 27:09 - sub-18 fem.
11. Vera Portela, 1995 (Club Sport Marítimo), 27:34 - sénior fem.
12. Diogo Santos, 2005 (Escola de Atletismo Pedro Pessoa), 27:38 - sub-20 masc.
13. João Pinel, 2001 (CA Baixa da Banheira), 27:42 - sénior masc.
14. Afonso Duarte, 2006 (Sport Clube União Torreense), 28:13 - sub-20 masc.
15. Lara Beato, 2007 (Grupo Desportivo das Pedreiras), 29:00 - sub-18 fem.
16. Inês Belbute, 2005 (ACDR Arneirense), 29:10 - sub-20 fem.
17. Ana Catarina Gonçalves, 1977 (Individual), 31:16 - sénior fem.
18. Sandra Vieira, 1975 (GRECAS - Vagos), 32:14 - vet. 45 fem.
19. Bruna Augusto, 2008 (Sport Clube União Torreense), 32:53 - sub-18 fem.
20. José Augusto Oliveira, 1957 (Individual), 33:30 - vet. 65 masc.
21. Catarina Alexandra da Silva Santos, 2000 (ACD Cotovia), 33:52 - sénior fem.
22. João Rodrigues, 1968 (Individual), 34:54 p.z. - vet. 55 masc.
23. Paula Mauricio, 1965 (Grupo Desportivo São Domingos), 37:07 - vet. 55 fem.
24. Raimund Wuertz, 1950 (ACDR Arneirense), 38:20 - vet. 70 masc.
25. Vitor Amorim Correia, 1958 (Grupo Desportivo da Fonte Prata), 41:54 - vet. 65 masc.
26. Lucinda Barata, 1964 (Grupo Desportivo e Rec. da Verderena), 41:55 - vet. 60 fem.
Desclassificado: Bruno Franco, 1974 (Individual.) - vet. 45 masc.

Marcha Jovem - geral (masc. + fem.) / 2 km sub-10, sub-12, sub-14 e sub-16
1. Isabel Laginhas, 2010 (ACR Senhora do Desterro), 10:25 - sub-16 fem.
2. Sofia Santos, 2009 (Escola de Atletismo Pedro Pessoa), 10:26 - sub-16 fem.
3. Beatriz Vitorino, 2010 (ACDRC Sismaria), 11:10 - sub-16 fem.
4. Vicente Figueiredo, 2010 (CN Rio Maior), 11:12 - sub-16 masc.
5. Rodrigo Relvas, 2012 (ACRMealhada), 11:31 - sub-14 masc.
6. Carlos Rocha, 2012 (Individual), 11:37 - sub-14 masc.
7. Daniela Delgado, 2010 (Grupo Desportivo e Rec. da Verderena), 12:00 - sub-14 fem.
8. Samuel Echezuria, 2009 (GRECAS - Vagos), 12:03 - sub-16 fem.
9. Nicole Tristão, 2015 (ACR Mealhada), 12:09 - sub-10 fem.
10. Martim Ferreira, 2011 (ACR Mealhada), 12:13 - sub-14 masc.
11. Andreia Rêgo, 2012 (Grupo Desportivo e Rec. da Verderena), 12:33 - sub-14 fem.
12. Margarida Antunes, 2012 (ACDRC Sismaria), 12:39 - sub-14 fem.
13. Olivia Paulo, 2009 (Sport Clube União Torreense), 13:04 - sub-16 fem.
14. Francisca Campos, 2012 (Villa Cesari/FLAMA), 13:15 - sub-14 fem.
15. Clara Gageiro, 2012 (ACR Mealhada), 13:47 - sub-14 fem.
16. Adler Ferreira, 2009 (ACR Mealhada), 13:47 - sub-16 fem.
17. Maria Evangelista, 2014 (ACR Mealhada), 14:08 - sub-12 fem.
18. Laura Santos, 2011 (CLAC-Entroncamento), 14:13 - sub-14 fem.
19. Daniel Viegas, 2016 (ACR Mealhada), 14:29 - sub-10 masc.
20. Inês Guerreiro, 2010 (Sport Clube União Torreense), 14:33 - sub-16 masc.
21. Daynira Viegas, 2011 (ACR Mealhada), 14:34 - sub-14 fem.
22. Yelyzaveta Berzukh, 2014 (Grupo Desportivo e Rec. da Verderena), 14:47 - sub-12 fem.
23. Laura Gageiro, 2016 (ACR Mealhada), 15:22 - sub-10 fem.
24. Pedro Rodrigues, 2016 (ACR Mealhada), 17:10 - sub-10 masc.

Resultados: Lap2go

Campeonatos Nacionais da Grécia de 10 km marcha, em Xylokastro (resultados)

Os vencedores das provas absolutas, Alexandros Papamichail e Panagiota Tsinopoulou,
e os respetivos pódios. Fotos: Segas e Zoe Gini. Montagem: O Marchador

No passado sábado (11/05) tiveram lugar em Xylocastro, uma famosa vila grega à beira-mar, localizada a 120 km a oeste de Atenas, no distrito de Korinthos, os Campeonatos Nacionais de 10 km marcha, a que se juntaram provas de 3 e 5 km para os mais jovens.

Os campeonatos foram bem organizados pelo Município de Xilokastro e pela filial local da SEGAS, constituindo um grande sucesso. O circuito de 1 km, junto ao mar, de facto um belíssimo cenário, com um tempo ensolarado, sem muito vento e sem calor excessivo, tudo ajudou ao estabelecimento de excelentes recordes pessoais.

Note-se que o evento foi incluído no conjunto de provas válidas para o ranking da World Athletics (importantes os pontos amealhados para o efeito), tendo a Federação Grega de Atletismo conado com a presença de três juízes internacionais, a saber: Mara Baleani (Itália), Zoe Gini (Grécia) e George Papanikolaou (Grécia).

Todos os melhores marchadores gregos da atualidade, com exceção de Antigoni Drispioti, marcaram presença, sendo de assinalar o regresso de Christina Papadopoulou, após um ano de ausência devido a lesão.

E começando pelos 10 km femininos, destaca-se a grande vitória de Panagiota Tsinopoulou com o tempo de 44:36, a constituir um excelente recorde pessoal e melhorando o seu anterior máximo de 46:22, que vinha desde 20 de janeiro de 2019. Christina Papadopoulou foi segunda com 44:51 (recorde pessoal) e Olga Fiaska fechou o pódio com a marca de 48:02.

Kiriaki Filtisakou depois de um bom desempenho no Mundial de Seleções, em Antália, infelizmente teve de parar apenas três quilómetros de prova percorridos. A estrela em ascensão, Anastasia Antonopoulou, no seu primeiro evento oficial, não concluiu. A vencedora na categoria Sub-23 foi Chrysanthi Arvanitakou com 52:13.

Nos 10 km masculinos, realce-se o feito de Alexandros Papamichail ao bater o recorde nacional grego com o tempo de 40,08. O anterior recorde nacional, do mesmo atleta, era de 40:38, estabelecido na Taça do Mundo de 2016, em Roma. Ioannis Kafkas obteve a medalha de prata com o tempo de 41:03, notável recorde pessoal para um atleta que já vai com a idade de 37 anos, e Andreas Papastergiou a de bronze com um recorde pessoal de 42:51, primeiro nos Sub-23 e com os olhos postos no Europeu Sub-23 no próximo ano.

Nas categorias jovens, referências especiais a talentos como os de Nikos Mortos (Sub-18), nos 5km, e de Maria Tsiava (Sub-16), nos 3km.

Em conclusão, uma bela jornada de marcha atlética que contou com a presença da presidente da SEGAS, Sofia Sakorafa, acompanhada de vários membros do Conselho Diretivo da Federação Grega de Atletismo.

Colaboração: Zoe Gini.

Principais classificações
10 km masculinos - geral / sub-23
1.º, Alexandros Papamichail (Pamiliakos), 40.08
2.º, Ioannis Kafkas (Olympias Patras), 41.03
3.º, Andreas Papastrergiou (Fokianos Karditsas), 42.51 - 1.º, sub-23
4.º, Konstantinos Ntentopoulos (Olympias Patras), 43.10
5.º, Eliseos Barbakis (Olympias Patras), 44.33 - 2.º, sub-23
6.º, George Kritoulis (Ages Kamiros), 46.31 - 3.º, sub-23
7.º, Aristotelis Bousdas (Fokianos Karditsas), 46.19
8.º, Ioannis Vaitsis (Gas Ilissos), 47,45
9.º, George Ιkelepouris (Vikelas Verias), 48.23
10.º, George Kafkalis (Olympias Patras), 59.42

10 km femininos - geral / sub-23
1.ª, Panagiota Tsinopoulou (Velos Paleo Faliro), 44.36
2.ª, Christina Papadopoulou (Panelinios Gs), 44.51
3.ª, Olga Fiaska (Athlokinisi Mitilini), 48.02
4.ª, Efstathia Kourrkoutsaki (Gas Ilissos), 52.02
5.ª, Chrisanthi Arbanitakou (Fokianos Karditsas), 52.13 - 1.ª, sub-23
6.ª, Anna Adami (Gas Ilissos), 55.57 - 2.ª, sub-23
7.ª, Spiridoula Stavrou (Gas Ilissos), 56.23
8.ª, Areti Maria Chantziandreou (Ages Kamiros), 59.26 - 3.ª, sub-23
Desistentes: Kiraki Filtisakou e Anastasia Antonopoulou .

Resultados completos a consultar aqui.